Programa Mineração

Participe da edição de 2018 do prêmio “Melhores Práticas em Saúde e Segurança do Trabalho na Mineração”

10/07/2018

Em mais uma ação que busca o reconhecimento das práticas bem sucedidas de promoção da saúde e segurança dos trabalhadores do setor mineral, o Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM) irá promover a terceira edição do prêmio “Melhores Práticas em Saúde e Segurança do Trabalho na Mineração”. As inscrições podem ser realizadas até o dia 3 de setembro e, pela primeira vez é aberto para empresas não associadas ao IBRAM e ao Programa Especial de Saúde Ocupacional na Mineração (Programa MINERAÇÃO).

O setor mineral desempenha um papel fundamental no crescimento e desenvolvimento do Brasil. As mineradoras têm adotado a cada dia as melhores práticas relacionadas não só à sustentabilidade, mas também à saúde e segurança do trabalhador. Dados do Ministério do Trabalho apontam que, apenas no Brasil, a mineração gera mais de 180 mil empregos diretos. Ao longo da cadeia industrial que o segmento representa, considerando o fator multiplicador de um para 11, existem cerca de dois milhões de pessoas envolvidas com a atividade, de acordo com a Agência Nacional de Mineração (ANM).

A participação no prêmio é aberta a todas as empresas de mineração que possuem operações no Brasil. É fundamental apresentar uma declaração de ausência de acidente grave referente aos últimos 12 meses. Associadas ao IBRAM e ao Programa MINERAÇÃO são isentas da taxa de inscrição.

Os inscritos podem concorrer em três categorias: “Como prevenir e gerir os Riscos Ergonômicos nas Atividades Minerais – melhores práticas”; “Ferramentas de Gestão de Riscos Associados à SST- melhores práticas” e “Conservação Auditiva – Demonstrar a Evolução Médica”. Entre os critérios considerados estão o grau de inovação do case, a comprovação dos resultados obtidos, o envolvimento e conhecimento dos empregados nas ações apresentadas pelo case e os impactos das ações de SST, constantes no case, em outros setores da empresa.

O prazo para envio dos cases é até dia 1º de outubro. O evento de premiação será no dia 4 de dezembro na sede da Federação das Indústrias de Minas Gerais (FIEMG), em Belo Horizonte (MG). Na primeira etapa serão selecionados os três melhores cases de cada categoria. A segunda etapa constitui a avaliação da apresentação oral dos cases selecionados. Os cases que obtiverem maior nota na soma das avaliações referentes às 1ª e 2ª etapas serão classificados em 1º, 2º e 3º lugares nas respectivas categorias.

Os primeiros colocados a serão premiados com troféus e terão seus cases divulgados no Portal da Mineração (www.portaldamineracao.com.br). O vencedor de cada categoria terá a oportunidade de apresentar o trabalho em Painel Específico de SST durante o 18º Congresso Brasileiro de Mineração (EXPOSIBRAM), que será realizado entre os dias 9 e 12 de setembro de 2019.

Para a coordenadora do Programa, Cláudia Pellegrinelli, o prêmio já se consolidou e vem despertado, cada vez mais interesse das empresas do setor. “Nas edições anteriores a participação era exclusiva para os associados do IBRAM e do Programa MINERAÇÃO. A edição de 2019 cresceu e abre a oportunidade para as demais empresas do setor. As mineradoras tem se conscientizado que o investimento em SST é considerado (retirar!!) um importante fator de competitividade na mineração mundial”, pontua.

Programa MINERAÇÃO

Desenvolvido e coordenado pelo IBRAM, o Programa MINERAÇÃO foi criado para auxiliar as empresas do setor mineral na busca pela redução do número de acidentes ocupacionais.

O Programa busca estimular a prevenção por meio da implantação de diversas iniciativas voltadas à diminuição dos principais riscos à segurança e à saúde ocupacional detectados no segmento mineral. O MINERAÇÃO adota iniciativas como Sistemas de Gerenciamento de Riscos, treinamentos específicos, intercâmbios de boas práticas, desenvolvimento de banco de dados com informações estatísticas sobre acidentes específicos para o setor, entre outras.

Mais informações, formato dos cases e ficha de inscrição podem ser acessados aqui.


Tags: